CampanhasCausadoresCausasEstou Causando

Campanha de Natal – Caminhando feliz!

O voluntariado é vida, é alegria, é o amor em movimento!

Loading Likes...

Café da manhã com irmãos moradores de rua do Centro de SP

Há 15 anos lidero um grupo de voluntários vinculados ao Grupo Fraternal Maria de Nazaré, Centro Espírita   no Parque São Lucas – SP. A cada 2 meses,  nos reunimos no último domingo do mês para distribuirmos e atendermos em torno de 700 pessoas, durante a madrugada:

  • roupas
  • calçados
  • sanduíche de pão com mortadela
  • bolo de chocolate
  • café com leite
  • kit de higiene (1 escova de dente, 1 creme dental, 1 aparelho de barba descartável, 1 pente, 1 sabonete, 1 rolo de papel higiênico)

São muitos irmãos nas redondezas do Páteo do Colégio (onde fica o impostômetro), Rua15 de Novembro, Rua Patriarca e no Largo São Francisco.

Levamos também roupas e calçados, novos e quando usados, sempre em bom estado, além de meias e cuecas compradas para cada ação.

Levamos também  pelo menos 20 bolsas gigantes, bem cheias de doações, sendo um número ainda insuficiente, do qual necessitamos de doações.

Em geral calçados é um item muito desejado e bastante difícil de obter doações.

Nas ruas em torno de 95% a 98% são homens, o que torna mais difícil a arrecadação de roupas e calçados masculinos, uma vez que  o homem troca de roupa muito menos frequente do que uma mulher, …  e sapato então, só quando fura…

A vulnerabilidade da rua, em geral são irmãos que perderam tudo, e principalmente a esperança… por diversos motivos, como bebida, conflitos familiares, falta de empregabilidade,  escassez de recursos…  As ruas são o seu habitat, seu mundo, por isso valorizam a única coisa que possuem “a liberdade”, muitas vezes negando voltar a ter um convívio  familiar e social.

O centro de SP é bem segmentado e dividido entre grupos afins. No percurso que fazemos, é de muita segurança, não tem malandros (normalmente localizados na Praça da Sé), nem viciados em crack (que ficam na Estação da Luz), nem usuários de maconha  (situados na Praça da República), nem ligados à prostituição (concentração embaixo do minhocão no Largo do Arouche). Mulheres e crianças são pouco frequentes, pois as mulheres optam pelo trabalho de doméstica ou até mesmo  se sujeitam à prostituição, e as crianças, por serem menores, o juizado costuma passar recolhendo e encaminhando à assistência social.

O que posso dizer sobre esse trabalho? É gratificante, eu não doou, eu recebo. Esse trabalho recarrega a minha bateria para a vida!

O voluntariado é vida, é alegria, é o amor em movimento. Experimente!

Campanha de Natal – Caminhando Feliz!

Para este Natal,  além das doações de roupas, desejo  e estamos empenhados em  comprar esse calçado da foto, que eles adoram, pois  acomodam muito bem pés machucados, sujos e inchados devido serem confortáveis e duráveis. O custo  de cada par sai por R$ 17,15 no Brás.

Quem quiser contribuir será muito bem-vinda sua doação.

Banco Itaú
Ag 5629
Cc 25784-0
CPF 119.590.728-11
Fatima Aparecida Fagnani

Para quaisquer outras doações entre em contato com:
Grupo Fraternal Maria de Nazaré 
Rua Engº Francisco Bicalho, 210 – Parque São Lucas em SP ,
telefone :+55 11 2918-9007 

A distribuição será no dia 22 de dezembro.

Muito obrigada, de coração!

Fatima Aparecida Fagnani

 

Ana Sodré

Sentir-se bem em fazer o bem… Sou antes de tudo um ser humano que ama a vida e estou sempre em busca de um mundo melhor. Atuei nos últimos 30 anos como empresária e editora, destacando três grandes publicações, a Revista Médico Repórter e o Jornal Hipócrates, atingindo a classe médica. E, por 2 anos a Revista Aimè, voltada para o público gay masculino, com venda em banca no âmbito nacional, sendo também distribuída na Argentina e em Portugal. A repercussão foi muito positiva, do qual recebi um prêmio Mulher Excelência 2009 - CIESP. Ao receber o convite para ser parte do Instituto - “Eu Causo”, foi como um raio de sol iluminando o meu horizonte… Envolvida na saúde, ao longo destes anos me deparei com diversas situações, oras boas, outras nem tanto, porém algo sempre me chamou a atenção, a fragilidade do Ser Humano. Pude perceber de perto, o quanto estamos vulneráveis mediante uma doença, quer seja em causa própria, ou de alguém da família, um amigo... Com base nessa premissa, agarro este projeto com o mesmo propósito: contribuir, através da informação, para um melhor estar! Estarei comprometida a identificar os avanços da medicina em prol da saúde, em responder as demandas da população; e vendo como as pessoas se conectam mais, me engajarei para que cada um de vocês utilize este portal, na certeza que irão encontrar um espaço acolhedor e aglutinador, para que juntos, possamos alcançar um estado de felicidade. Eu escolhi cuidar! … Eu causo!… E você?

Artigos relacionados

Veja Também

Fechar