ABC das doenças

Quais os tipos de Insuficiência cardíaca

Existem dois tipos de insuficiência cardíaca:

Loading Likes...

Quais os tipos de Insuficiência cardíaca

Se engana quem pensa que insuficiência cardíaca é ‘tudo a mesma coisa’. A doença pode ser dividida ou classificada de acordo com a gravidade da disfunção do coração (fração de ejeção reduzida ou fração de ejeção preservada) ou ainda de acordo com a intensidade e aparecimento dos sintomas (crônica ou aguda).

Existem dois tipos de insuficiência cardíaca:

  • Insuficiência cardíaca fração de ejeção reduzida (sistólica): neste caso, o coração não consegue bombear ou ejetar o sangue para fora das cavidades corretamente, ou seja, tem-se o que se denomina fração de ejeção reduzida. Neste caso, o coração contrai menos ou de forma mais fraca, o que causa acúmulo de sangue.
  • Insuficiência cardíaca fração de ejeção preservada (diastólica): ocorre quando o coração não se enche de sangue com facilidade, porque seus músculos estão mais rígidos. Aqui, ao contrário do que ocorre na insuficiência cardíaca sistólica, o coração não relaxa para se encher de sangue adequadamente (fração de ejeção preservada).

Tanto no caso da insuficiência cardíaca sistólica quanto da insuficiência cardíaca diastólica, o coração não consegue executar sua função primordial: bombear adequadamente o sangue rico em oxigênio para alimentar os tecidos e órgãos do corpo.

A insuficiência cardíaca pode se tornar aguda quando há descompensação!
Outra forma de caracterizar a insuficiência cardíaca é pela intensidade e aparecimento dos sintomas. A insuficiência cardíaca pode se manifestar de forma aguda ou crônica. Algumas características diferenciam de forma bastante clara as duas manifestações. Confira:

  • insuficiência cardíaca aguda (ICA): também chamada de insuficiência cardíaca descompensada, ocorre de modo súbito e catastrófico, fazendo com que o paciente necessite buscar ajuda médica e hospitalar de forma emergencial. Após a compensação do quadro, o paciente pode ter alta do hospital, e deverá manter acompanhamento ambulatorial com o cardiologista. A ICA pode ser uma agudização de um quadro de IC crônica.
  • insuficiência cardíaca crônica (ICC): em geral se desenvolve gradativamente, por vezes ao longo de anos. É uma condição crônica e permite que o paciente tenha uma vida prolongada por ser possível, com o tratamento adequado,manter-se estável.Os pacientes, entretanto, podem ter que conviver com algumas limitações.3 Na insuficiência cardíaca crônica, o paciente na maior parte das vezes só se dá conta de que está com um problema de saúde quando apresenta sintomas como cansaço, falta de ar, dores abdominais, tosse, e inchaço nos pés e pernas.

Apesar de ainda desconhecida, a insuficiência cardíaca vem ganhando espaço na imprensa!
Sabia que 6 a cada 10 brasileiros não sabem o que é insuficiência cardíaca (IC)? Pois é, 62% da população não conhece a doença e, consequentemente, suas causas, sinais e sintomas ou até mesmo como tratá-la.*
A boa notícia é que a imprensa tem dedicado cada vez mais espaço para ajudar a esclarecer essas pessoas! Confira matérias recentes sobre a insuficiência cardíaca:

*Fonte: Ipsos Healthcare.

Referências

1. Mosterd A, Hoes AW. Clinical epidemiology of heart failure. Heart. 2007 Sep;93(9):1137-46.
2. Ponikowski O, Voors AA, Anker SD, et al. 2016 ESC Guideline for the diagnosis and treatment of acute and chronic heart failure. Eur J Heart Fail. 2016 May 20.
3. Heart Failure Matters. What can you do? Disponível em: http://www.heartfailurematters.org/en_GB/What-can-you-do/What-can-you-do (Acessado em 06/07/0217).

Referências

  1. Mosterd A, Hoes AW. Clinical epidemiology of heart failure. Heart. 2007 Sep;93(9):1137-46.
    2.Ponikowski O, Voors AA, Anker SD, et al. 2016 ESC Guideline for the diagnosis and treatment of acute and chronic heart failure. Eur J Heart Fail. 2016 May 20.
    3. Heart Failure Matters. What can you do? Disponível em: http://www.heartfailurematters.org/en_GB/What-can-you-do/What-can-you-do (Acessado em 06/07/0217).
    4. Heart Failure Matters. Symptoms of heart failure. Disponível em: http://www.heartfailurematters.org/en_GB/Understanding-heart-failure/Symptoms-of-heart-failure (Acessado em 06/07/0217).

Fonte: Saúde Novartis

Ana Sodré

Sentir-se bem em fazer o bem… Sou antes de tudo um ser humano que ama a vida e estou sempre em busca de um mundo melhor. Atuei nos últimos 30 anos como empresária e editora, destacando três grandes publicações, a Revista Médico Repórter e o Jornal Hipócrates, atingindo a classe médica. E, por 2 anos a Revista Aimè, voltada para o público gay masculino, com venda em banca no âmbito nacional, sendo também distribuída na Argentina e em Portugal. A repercussão foi muito positiva, do qual recebi um prêmio Mulher Excelência 2009 - CIESP. Ao receber o convite para ser parte do Instituto - “Eu Causo”, foi como um raio de sol iluminando o meu horizonte… Envolvida na saúde, ao longo destes anos me deparei com diversas situações, oras boas, outras nem tanto, porém algo sempre me chamou a atenção, a fragilidade do Ser Humano. Pude perceber de perto, o quanto estamos vulneráveis mediante uma doença, quer seja em causa própria, ou de alguém da família, um amigo... Com base nessa premissa, agarro este projeto com o mesmo propósito: contribuir, através da informação, para um melhor estar! Estarei comprometida a identificar os avanços da medicina em prol da saúde, em responder as demandas da população; e vendo como as pessoas se conectam mais, me engajarei para que cada um de vocês utilize este portal, na certeza que irão encontrar um espaço acolhedor e aglutinador, para que juntos, possamos alcançar um estado de felicidade. Eu escolhi cuidar! … Eu causo!… E você?

Artigos relacionados

Veja Também

Fechar