Saúde Animal

Diego, a tartaruga de 100 anos que teve 800 filhotes e salvou sua espécie da extinção

Diego, uma tartaruga-gigante da Ilha Galápagos, tem cerca de 100 anos de idade e é pai de incríveis 800 bebês tartarugas!

Loading Likes...

Diego, a tartaruga de 100 anos que teve 800 filhotes e salvou sua espécie da extinção

50 anos antes de Diego existiam apenas 2 machos e 12 fêmeas no arquipélago de Galápagos. Com sua chegada, nasceram 800 filhotes e todos estão se desenvolvendo bem.

Diego, uma tartaruga-gigante da Ilha Galápagos, tem cerca de 100 anos de idade e é pai de incríveis 800 bebês tartarugas!

De acordo com a equipe de biólogos que presta assistência ao animal, Diego ajudou a salvar sua espécie da extinção: “Ele é um reprodutor masculino sexualmente muito ativo. Ele contribuiu enormemente para repovoar a ilha”, afirma Washington Tapia, especialista em preservação de tartaruga no Parque Nacional de Galápagos.

A tartaruga faz parte da espécie Chelonoidis hoodensis, também conhecida como Tartaruga-das-galápagos-de-pinta, encontrada somente na Ilha de Española, no Equador (integrante de Galápagos). O arquipélago foi palco dos estudos sobre a biodiversidade realizados pelo naturalista Charles Darwin (1809-1882).

Tartaruga pai de 800

No final dos anos 60, existiam apenas 2 machos e 12 fêmeas na ilha. Com a chegada de Diego, que vive em um centro de reprodução de tartarugas com seis fêmeas, 800 filhotes nasceram desde então e estão se desenvolvendo.

Ao todo, existem apenas 3 machos responsáveis pelo repovoamento de Española. No entanto, Diego é o que mais tem filhotes, de longe, entre todos.

A tartaruga centenária de 82 quilos e 90 centímetros de comprimento foi encontrada no jardim zoológico de San Diego, na Califórnia (EUA). Daí seu nome.

“Nos não sabemos exatamente como ou quando ele chegou nos Estados Unidos. Ele deve ter sido tirado da Espanha em algum momento entre 1900 e 1959 por uma expedição científica”, disse Tapia.

Ele foi trazido de volta à ilha de Española em 1976, quando foi introduzido no programa de reprodução em cativeiro. Os resultados surpreenderam até o mais otimista dos pesquisadores.

Análises genéticas realizadas neste ano apontaram que Diego é pai de 40% de todas as jovens tartarugas que habitam a ilha.

“Eu não diria que (as espécies) estão em perfeita saúde, porque os registros históricos mostram que provavelmente existiam mais de 5.000 tartarugas na ilha. Mas é uma população que está em boa forma — e em crescimento, o que é o mais importante”, disse Tapia.

 

Fonte: Jornal Ciência/Gabriel Pietro

Tags

Ana Sodré

Sentir-se bem em fazer o bem… Sou antes de tudo um ser humano que ama a vida e estou sempre em busca de um mundo melhor. Atuei nos últimos 30 anos como empresária e editora, destacando três grandes publicações, a Revista Médico Repórter e o Jornal Hipócrates, atingindo a classe médica. E, por 2 anos a Revista Aimè, voltada para o público gay masculino, com venda em banca no âmbito nacional, sendo também distribuída na Argentina e em Portugal. A repercussão foi muito positiva, do qual recebi um prêmio Mulher Excelência 2009 - CIESP. Ao receber o convite para ser parte do Instituto - “Eu Causo”, foi como um raio de sol iluminando o meu horizonte… Envolvida na saúde, ao longo destes anos me deparei com diversas situações, oras boas, outras nem tanto, porém algo sempre me chamou a atenção, a fragilidade do Ser Humano. Pude perceber de perto, o quanto estamos vulneráveis mediante uma doença, quer seja em causa própria, ou de alguém da família, um amigo... Com base nessa premissa, agarro este projeto com o mesmo propósito: contribuir, através da informação, para um melhor estar! Estarei comprometida a identificar os avanços da medicina em prol da saúde, em responder as demandas da população; e vendo como as pessoas se conectam mais, me engajarei para que cada um de vocês utilize este portal, na certeza que irão encontrar um espaço acolhedor e aglutinador, para que juntos, possamos alcançar um estado de felicidade. Eu escolhi cuidar! … Eu causo!… E você?

Artigos relacionados