ColunistaSaúde

Úlcera Venosa

Loading Likes...

O que é Úlcera Venosa?

Acredita-se que de 1 a 2% da população mundial possui uma úlcera em membros inferiores decorrente de circulação.  Essas úlceras podem ser causadas tanto pela Insuficiência Venosa quanto Arterial.  A úlcera venosa é a mais comum e consiste numa complicação da Insuficiência Venosa Crônica, uma doença que afeta as veias das pernas, causando dilatação das mesmas e impedindo que o sangue seja bombeado de forma adequada no sentido do coração, o que acarreta dificuldade de cicatrização quando o paciente é acometido por uma ferida na perna.  Essas feridas possuem uma alta cronicidade, muitos pacientes permaneceu um longo período de tempo, aumentando o seu sofrimento e muitas vezes sendo necessárias devido complicações, como infecções, uma vez que a ferida se torna uma porta de entrada para bactérias.

Quem Possui Risco para ter uma úlcera venosa:? Pessoas que possuem a Insuficiência Venosa Crônica, cujos principais Riscos são: Obesidade, Herança familiar (mãe e pai que apresentaram veias calibrosas nas pernas), Profissões que exigem permanência por longo período de tempo em pé, Mulheres com múltiplas gestações.

Como Tratar?

O ponto chave do tratamento das úlceras venosas é melhorar o retorno venoso dos membros inferiores, para isso existem bandagens, meias elásticas e produtos especiais para fazer a compressão dos membros.  É essencial também que o paciente obeso procure tratamento para perder peso.  Ser acompanhado por uma boa equipe, para associar a compressão com uma boa terapia tópica da ferida.

Quem Devo Procurar?

Um serviço especializado em tratamento de feridas e um médico vascular que possua experiência no assunto.

Quais pontos principais do tratamento?

O ponto chave do tratamento é a melhora do retorno venoso através de terapias compressivas, isso só pode ser feito por profissionais capacitados, e antes de pensar em compressão é necessário fazer o diagnóstico diferencial com as úlceras arteriais, pois se comprimir um membro com problema arterial a tendência é de que a situação do paciente piore.

Dr. Evandro Pereira

Possui Graduação em Medicina e Enfermagem, o que confere um grande diferencial no estabelecimento do tratamento do paciente portador de feridas e cuidados com estomas . O paciente portador de lesões muitas vezes possui patologias que podem contribuir para o retardo da cicatrização. Ter um profissional capacitado para tratar a ferida e essas morbidades é de uma importância fundamental para o sucesso do tratamento. • Pós Graduado em Estomaterapia pela Universidade de Taubaté • Graduação em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem do Hospital Israelita Albert Einstein. • Graduação em Medicina pela Universidade Vale do Rio Verde. • Médico Assistencial na Prêvent Sênior • Médico Assistencial na Prefeitura Municipal de Diadema. • Diretor da Clinica Ebenezer • Palestrante do Curso de Tratamento de Feridas da Estomashop, curso que percorreu 20 estados brasileiros e mais de 50 cidades.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja Também

Fechar