Diabetes

Mal perfurante plantar: a úlcera nos pés diabéticos

Você já ouviu falar no mal perfurante plantar? Este é um problema comum em pacientes diabéticos, que normalmente apresentam diminuição ou perda da sensibilidade nos pés. Quando o paciente machuca o pé, ele não sente dor e acaba não percebendo as feridas que aparecem. Assim, a lesão se agrava, tornando o tratamento mais complexo e a cicatrização mais difícil. Essas feridas complexas são as úlceras plantares nos pés, o chamado “Mal Perfurante Plantar.

Loading Likes...

Sendo assim, é muito importante redobrar a atenção dada aos membros inferiores no caso de pessoas diabéticas. Pequenos fragmentos cortantes (em prego, uma quina afiada) ou até mesmo o sapato inadequado podem causar lesões.  Estas, se não tratadas, podem servir como porta de entrada para infecções e micro-organismos indesejados.

O controle rigoroso da glicemia é o modo mais importante de prevenção das complicações neurológicas e vasculares dos diabéticos. Porém, alguns outros cuidados podem ser úteis para evitar o aparecimento do mal perfurante plantar:

  • Nunca andar descalço;
  • Inspecionar diariamente a região abaixo do joelho;
  • Cortar as unhas regularmente com ajuda de um profissional da saúde;
  • Não utilizar calçados fechados sem meias;
  • Sempre verificar o interior dos calçados antes de colocá-lo para se certificar que não há pedras, aspereza ou dobras no forro;
  • Utilizar cremes diariamente nos pés;
  • Usar técnicas que aliviam a pressão na proeminência óssea, como utilização de palmilhas, calçados especiais ou muletas, se necessário.

Caso apareça alguma feridinha, comece imediatamente um tratamento. Procure um profissional de saúde e obedeça aos procedimentos indicados por ele, que vão variar de acordo com a gravidade da lesão.

Dica da Profitus: para os casos de mal perfurante plantar, a Millitus Derm pode te ajudar. A nossa pomada da caixinha vermelha, produzida com extrato natural de urucum, estimula ativamente a cicatrização. Assim, é possível reduzir o tempo de tratamento da ferida e alcançar o bem-estar mais rapidamente. Indicado especialmente para pacientes diabéticos, mas também para os não diabéticos.

Tags

Aline Peach

Meu nome é Aline Peach, convivo há quase 40 anos com o Diabetes Tipo 1 e há cerca de dez anos mudei completamente minha vida profissional por conta de uma complicação séria do Diabetes: a retinopatia quase me fez perder a visão de um olho. Desde então , dedico todo meu tempo para pessoas que vivem com o mesmo desafio que a vida me deu! Hoje trabalho em uma plataforma que está sendo desenhada para diabéticos, a MyBeth, sou embaixadora da americana Lyfebulb, e fundadora do site Clube do Diabetes, que criei como um blog diário e que abriu as portas de um mundo de infinitas possibilidades para minha vida!!! Publicitária de formação e especialista em marketing pela ESPM, tenho 20 anos de mercado de comunicação, sendo 10 deles na Industria Farmacêutica em empresas como Novartis e Cristália. Já fui sócia de uma agência digital, trabalhei com moda e até informática, na IBM. Mas minha grande paixão é realmente, a saúde! E agora tenho o imenso prazer de fazer parte da equipe Eu Causo, fazendo aqui uma curadoria de conteúdo para pacientes crônicos que esperamos que CAUSE muito impacto na vida de pessoas como você, como eu, e como tantos outros que convivem com uma condição crônica no dia a dia. Seja bem vindo!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja Também

Fechar